On Line

Estrutura e Formação de Palavras - 1º Ano 4º Bimestre

Written By Professora Graciele on quarta-feira, 20 de outubro de 2010 | quarta-feira, outubro 20, 2010


Conceitos básicos:

Observe as seguintes palavras:
escol-a
escol-ar
escol-arização
escol-arizar
sub-escol-arização
Observando-as, percebemos que há um elemento comum a todas elas: a forma escol-. Além disso, em todas há elementos destacáveis, responsáveis por algum detalhe de significação. Compare, por exemplo, escola e escolar: partindo de escola, formou-se escolar pelo acréscimo do elemento destacável -ar.
Por meio desse trabalho de comparação entre as diversas palavras que selecionamos, podemos depreender a existência de diferentes elementos formadores. Cada um desses elementos formadores é uma unidade mínima de significação, um elemento significativo indecomponível, a que damos o nome de morfema.

Classificação dos morfemas:

Radical

Há um morfema comum a todas as palavras que estamos analisando: escol-. É esse morfema comum – o radical – que faz com que as consideremos palavras de uma mesma família de significação – os cognatos. O radical é a parte da palavra responsável por sua significação principal.

Continue lendo aqui. 

Exercícios 1

Exercícios 2










18 comentários:

Professora Graciele disse...

Após a leitura do texto, façam os exercícios e comentem a respeito dos acertos e erros, estudem as questões que erraram e tirem as dúvidas comigo.

Abraços!

Anônimo disse...

Eu não entendi quase nada mais vou estudar mais para entender melhor.

Gean Gonçalves Luna
1:F

Anônimo disse...

Entendemos que no processo de derivaçâo parassintetica,
ex:tarde,entardecer.sempre tem como formar uma palavra.
Rita e Jucimeire .

vivaldo disse...

Eu achei um pouco dificil teve perguntas que eu naoentendi mas consegui acertar algumas.
vivaldo 1°f

alan disse...

Derivação prefixal: quando acrescentamos um prefixo à palavra primitiva.
Como;antepasto, reescrever, infeliz.

Derivação sufixal: quando acrescentamos um sufixo à palavra primitiva.
Como;felizmente, igualdade, florescer

Derivação parassintética: ocorre quando a um determinado radical e acresenta um prefixo e sufixo.
Como;infelizmente, desigualdade, reflorescer.

ass;Alan

realinojr@hotmail.com disse...

estrutura das palavras:A palavra é subdivida em partes menores, chamadas de elementos mórficos.



Exemplo: gatinho – gat + inho

Infelizmente – in + feliz + mente

elementos MÓRFICOS
Os elementos mórficos são:



Radical;

Vogal temática;

Tema;

Desinência;

Afixo;

Vogais e consoantes de ligação.

Tamires disse...

Neste conteudo percebi que em uma palavra há varios outros tipos de elementos a serem usados,tambem cada uma delas havera um significado diferente mais sempre um morfema da mesma familia . Neste conceito eles usaram a palavra escola e foram trocando os morfemas formando varias outras palavras não só a palavra escola como outras palavras usadas no dia a dia .

Tamires

Sticky sweet disse...

A lista de exercicios tive dificuldades de responder algumas questões.mas consegui resolver os outras perguntas,para acabar com esse problema estudar mais a derivação e formação de palavras.

Danilo 1 G n° 47

Ana disse...

Radical

É uma morfema comum a todas as palavras que estamos analisando: escol-. É esse morfema comum – o radical – que faz com que as consideremos palavras de uma mesma família de significação – os cognatos. O radical é a parte da palavra responsável por sua significação principal.

Eu entendi que o radical,tem como objetivo iniciar a formação de uma palavra.

Ana Claudia 1°G

nina disse...

Radical

É um morfema comum a todas as palavras que estamos analisando: escol-. É esse morfema comum – o radical – que faz com que as consideremos palavras de uma mesma família de significação – os cognatos. O radical é a parte da palavra responsável por sua significação principal.


***comentário0o***: ainda não consegui compreender isso poi essa matéria é um pouco complicada, mas que o Radical é a parte responsável pela sua compreençao principal ..​ entre tanto,tive um numero de acertos Relevante.

“Naiane Primo Barbosa N°30 1°G”
Abraçossssssss

vivaldo disse...

Na minha opinião esta fácil, mas exige bastante atenção para não se confundir com Prefixo/Sufixo e Parassintética.

vivaldo disse...

Na minha opinião esta fácil, mas exige bastante atenção para não se confundir com Prefixo/Sufixo e Parassintética.
Geisa Carla 1ºF

lucas disse...

Eu achei muito interessante,só que devo estudar mais sobre o assunto para entender melhor.

lucas disse...

A mensagem foi entregue com louvor, ajudou-me a compreeder alguns itens, da estrutura e formação da palavra.

Radical

Há um morfema comum a todas as palavras que estamos analisando: escol-. É esse morfema comum – o radical – que faz com que as consideremos palavras de uma mesma família de significação – os cognatos. O radical é a parte da palavra responsável por sua significação principal.

Carolina v de Oliveira nº12

lucas disse...

Eu entendi pouca coisa mas vou estudar mais.O conteúdo é muito interessante e vale a pena conhecer melhor.
Leiliane 1°f

lucas disse...

Eu entendi que pegando uma palavra que já existe e acrescentando outra palavra formasse outra palavra.
Temos que cuidado para não confundir prefixo, sufixo.
Nayara Vieira 1°f

lucas disse...

Os dois exercícios são muito bons mas achei o primeiro bem difícil e o segundo exercício acertei
a metade mas ainda fiquei com algumas duvidas.
Lucas marin

mada disse...

Radical

É uma morfema comum a todas as palavras que estamos analisando: escol-. É esse morfema comum – o radical – que faz com que as consideremos palavras de uma mesma família de significação – os cognatos. O radical é a parte da palavra responsável por sua significação principal.

Madalena Ramires

Postar um comentário

Deixe sua Mensagem!

Flickr

Pesquisar Blog

Carregando...
 
berita unik